Governo proíbe mais de 10 pessoas na via pública na passagem de ano

Governo proíbe mais de 10 pessoas na via pública na passagem de ano
Foto Arquivo

Os ajuntamentos na via pública de mais de 10 pessoas são proibidos na passagem de ano, uma medida anunciada pelo Governo para combater a propagação da covid-19.
Após uma reunião do Conselho de Ministros, o primeiro-ministro, António Costa, anunciou também a proibição do consumo de bebidas alcoólicas na via pública e o encerramento de discotecas e bares já a partir do dia 25.
A decisão, em vigor a partir das 00:00 de sábado, foi anunciada no fim da reunião do Conselho de Ministros extraordinário em que foi deliberado antecipar também medidas como a obrigatoriedade do teletrabalho, devido ao aumento do número de casos de covid-19.

O encerramento destes espaços de diversão noturna no território continental estava já previsto para a denominada “semana de contenção de contactos”, definida pelo Governo para o período entre 02 e 09 de janeiro de 2022, após o Natal e a passagem do ano.

António Costa referiu que os estabelecimentos terão neste período apoios no âmbito do ‘lay-off’ simplificado e do programa Apoiar, para ajudar a suportar os seus custos fixos.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter