Silva Tiago (PSD/CDS-PP) encerra campanha de Maia em Primeiro com Arruada às 17h30

A campanha da candidatura de Silva Tiago, pela coligação Maia em Primeiro à Câmara da Maia, termina com uma Arruada final, a partir das 17h30.

A candidatura anuncia nas redes sociais a “Grande Arruada Final”, a partir das 17h30, com ponto de encontro no Largo dos Maninhos, na Cidade da Maia.

Silva Tiago realizou durante a campanha visitas às diversas freguesias e, em cada uma delas, organizou Encontros para debate de ideias na série “Saiba+”.

Nesta campanha apresentou ainda o manifesto “Compromisso Maia 2025”, com cerca de 140 medidas para o município.

São as medidas com que o candidato se apresenta ao escrutínio perante os maiatos nas eleições do próximo dia 26 de setembro.

De entre os principais compromissos de Silva Tiago encontram-se os de construir uma nova linha de metro na Maia e novas 757 habitações públicas.

Criar boas condições para atrair “jovens residentes” na Maia, continuar a apostar no desenvolvimento humano dos maiatos, através da promoção dos setores de Cultura e Educação, são outros dos vetores do Compromisso com a Maia.

Silva Tiago defende ainda a atenção à dimensão animal, dado haver cada vez mais famílias com animais de companhia e que precisam de ser apoiadas.

Com 26 mil empresas instaladas no concelho, a Maia é cada vez “mais atrativa” aos investidores, sublinha Silva Tiago, que continua a afirmar que são as empresas “a nossa praia” e “oceano Atlântico”.

O recandidato pela coligação PSD/CDS-PP apresenta medidas de Fiscalidade adequadas às necessidades da população, apontando as intenções de: «entregar às famílias os ganhos da boa gestão municipal; implementar o modelo de cobrança PAYT (paga apenas pelo lixo que produz); continuar a descer o IMI e a favorecer as famílias numerosas neste imposto; manter uma redução de 50% na Taxa Municipal de Urbanização; continuar a apoiar as Famílias com Carência Económica e as Famílias Numerosas e, igualmente, beneficiar as Famílias Monoparentais; alargar as Áreas de Reabilitação Urbana (ARU).»

Além de investimentos nas freguesias, Silva Tiago adiantou na entrevista que concedeu ao Primeira Mão que anunciou o novo Parque Milénio, que ficará na zona mais a leste do concelho, junto da A41.

A breve prazo vai ser lançado o concurso para o novo nó de acesso à auto-estrada e, logo a seguir, no início do próximo mandato, “vamos lançar a empreitada desse novo espaço”.

O projeto, revelou Silva Tiago, contemplará um bosque, “o chamado “living lab agro-florestal, numa área da freguesia de Nogueira e Silva Escura”. Serão cerca de 30 hectares associados a uma “zona de lazer” e a um “campus social, onde iremos instalar novos equipamentos de apoio a seniores em comunhão perfeita com crianças e jovens”.

Segundo o autarca, esta “será uma nova centralidade com diversos serviços e atividades” criando uma “dinâmica económica, social e ambiental para o concelho”.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter