Pedro Pablo Pichardo é campeão olímpico do triplo salto

Pedro Pablo Pichardo é campeão olímpico do triplo salto
Imagem Reuters

Aos 28 anos, Pedro Pablo Pichardo dá a Portugal o seu 5.º título olímpico da história, o primeiro desde Pequim 2008, também no triplo salto. Portugal conquista a sua quarta medalha em Tóquio, naquela que é já a melhor participação de sempre em número de pódios

O hino ‘A Portuguesa’ vai voltar a tocar nuns Jogos Olímpicos: Pedro Pablo Pichardo é campeão olímpico do triplo salto, num concurso em que bateu o recorde nacional no salto que lhe deu o ouro, a 17,98.

O atleta português liderou sempre a prova: abriu logo com um salto de 17,61, que por si só já lhe daria o título. A seguir um salto igual ao centímetro e a fechar os três primeiros saltos o 17,98 que melhorou o recorde nacional que já era seu. Seguiu-se um nulo e Pichardo dispensou o 5.º salto, aparentemente depois de ferir o pé no 4.º salto. Ao 6.º, já campeão olímpico, ainda tentou passar os 18 metros, mas o salto acabou nulo.

Aos 28 anos, na sua primeira participação olímpica, Pichardo é o 5.º campeão olímpico português, o primeiro desde Pequim 2008 quando Nelson Évora foi ouro também no triplo salto. Junta-se a um restrito grupo onde estão também Carlos Lopes, Rosa Mota e Fernanda Ribeiro.

Yamingo Zhu, da China, foi medalha de prata e Hugues Fabrice Zango, do Burkina Faso bronze.

Esta é a quarta medalha para Portugal nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Em termos de pódios, é já a melhor participação de sempre.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter