Mais de 100 mil alunos em isolamento desde o reinício das aulas

Máscaras nas escolas vão continuar depois das férias
foto: canva

Mais de cem mil crianças e jovens testaram positivo ao SARS-CoV-2 desde que as aulas recomeçaram, a 10 de janeiro, e tanto pais como alunos alertam para problemas de aprendizagem com as aulas à distância.

Desde que recomeçaram as aulas após as férias do Natal surgiram 106.553 novos casos de infeção entre crianças e jovens até aos 19 anos, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados divulgados entre 10 de janeiro e esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde.

Em 10 dias, registaram-se 51.218 novos casos em crianças até aos nove anos e 55.335 novos casos de infeção em jovens entre os 10 e os 19 anos.

São milhares de alunos em isolamento por estarem infetados ou viverem com pessoas que testaram positivo ao SARS-CoV-2, que provoca a covid-19. Os casos sucedem-se, dificultando a tarefa de ensinar e de aprender.

“Não está a ser nada fácil. É mesmo muito complicado. Em todas as escolas há turmas com alunos positivos ou isolados”, contou o presidente da Associação Nacional de Diretores Escolares (ANDE), Manuel Pereira, estimando que “mais de 5% dos alunos” estejam atualmente em casa.

Professores e diretores admitem que é difícil ensinar com parte dos estudantes na escola e outros em casa.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter