Detido falso agente de futebol angolano com ligações a clubes nortenhos

Três pessoas constituídas arguidas em operação do SEF no Grande Porto
imagem: SEF

Apanhado pelo SEF um homem suspeito de trazer ilegalmente para Portugal atletas africanos menores. Usava nomes de clubes conhecidos.

Um falso agente de futebol que também se apresentaria como recrutador ao serviço de clubes portugueses foi detido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), em Braga. Apresentava-se como agente de futebol, com contactos privilegiados em clubes como o Famalicão, o Ribeirão, mas também no Trofense, no Varzim ou no Amares.

Alegadamente, este homem trazia para Portugal menores que aliciava em África com a promessa de que jogariam em reputadas formações nacionais. Terá burlado também outros jogadores que lhe pagavam milhares de euros para serem colocados em clubes profissionais. Estão em causa crimes de auxílio à imigração ilegal, burla e tráfico de pessoas.

Luís Gonzaga, 47 anos, de nacionalidade angolana, terá começado a recrutar jovens angolanos há quatro anos.

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter