Banco de Leite Humano abriu hoje no Centro Hospitalar de S. João para todo o Norte

foto: Pexels

O Banco de Leite Humano (BLH) foi inaugurado esta segunda-feira, dia 26 de setembro.

O Centro Hospitalar Universitário (CHU) de S. João, no Porto, resolveu avançar com esta iniciativa, tendo em conta que só “1% das mães de prematuros hospitalizados conseguem amamentar”, refere a Professora Maria João Batista, responsável pelo BLH, em declarações ao Programa Maia Magnética, da Rádio NoAr.

Pretende-se que esta estrutura forneça leite humano a todos os centros de neonatologia do Norte do país, que sentem a escassez deste bem essencial para os recém-nascidos internados.

Toda a parte formal da instituição do BLH está implementada, pelo que agora, é possível dar início à operacionalização das primeiras recolhas de leite materno humano.

As mães com bebés até seis meses de idade podem doar o seu leite excedentário. As mães devem ser saudáveis, ainda assim, quando se inscreverem como dadoras, serão submetidas a alguns exames pela equipa de médicos do BLH, que também darão as indicações necessárias de como proceder à recolha do leite e à conservação no congelador.

As mães não precisam sequer de sair de casa, pois a equipa do BLH irá fazer as recolhas das doações nos domicílios.

As mães interessadas em doar o leite excedentário devem iniciar o contacto com o Banco de Leite Humano o mais prematuramente possível, através do e-mail que pode ser encontrado na página online CHU de S. João, designadamente blh@chsj.min-saude.pt.

 

Ouvir declarações de Maria João Batista:

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter