Apoio à família será reativado na semana sem aulas de 2 a 9 de janeiro

foto canva

O apoio à família será reativado na semana de janeiro sem aulas, como já aconteceu no passado, no âmbito das medidas contra a covid-19 hoje anunciadas, disse a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

Com a necessidade desta semana sem aulas, será reativada “a medida de apoio à família, exatamente como foi construída em momentos anteriores, precisamente para garantir que há este apoio aos pais para acompanharem os filhos quando isso é necessário”, disse a ministra, frisando que a modalidade é igual à que já foi feita no passado.

O Governo anunciou esta quinta-feira, no âmbito do combate à pandemia de covi-19, cujos casos estão a aumentar, que as aulas vão recomeçar a 10 de janeiro depois das férias do Natal, uma semana depois do previsto.

Para conter o aumento do número de casos de covid-19 foi também decidido que o acesso a lares, estabelecimentos de saúde e grandes eventos culturais ou desportivos passa a exigir a apresentação de teste de deteção do vírus SARS-CoV-2 com resultado negativo, mesmo para pessoas vacinadas contra a covid-19.

Quanto ao teletrabalho, que o Governo recomenda, Ana Mendes Godinho disse que o que se pretende é minimizar a circulação de pessoas, sempre que tal seja compatível e praticável, e que entre 26 de dezembro e 09 de janeiro se pretende limitar mais os movimentos, sendo o teletrabalho obrigatório entre 02 e 09 de janeiro.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter