AMP vai receber 22,7 milhões para reforço de transportes

Atrasos no metro no centro na Maia

O governo decidiu criar um fundo de apoio para compensação do reforço de transportes, decorrente da pandemia e da diminuição da procura também decorrente do momento pandémico que vivemos.

No referido despacho não estavam afetas verbas à Área Metropolitana do Porto (AMP), o que levou a um trabalho de diálogo com o governo e com os diversos operadores de transportes, no sentido de clarificar a situação e de a resolver, referiu Eduardo Vítor Rodrigues, presidente do Conselho Metropolitano do Porto.

Assim, foi acordado um reforço de 22,7 milhões, para todo o sistema de transportes da Área Metropolitana do Porto, e que hoje mesmo foi formalizado junto do secretário de Estado dos Transportes e junto do Fundo Ambiental, conforme o diálogo estabelecido nos últimos dias.

Os pagamentos vão ser feitos trimestralmente.

As verbas conseguidas vêm repor o equilíbrio e a justiça nos diversos sistemas de transportes”, afirma o presidente do Conselho Metropolitano do Porto.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter