Quase 32.000 assinaram petição que quer enfermeiros como profissão de alto risco

Mais de 6.500 enfermeiros já pediram escusa de responsabilidade
foto de arquivo (©Pixabay)

Quase 32 mil pessoas assinaram a petição que defende o reconhecimento da profissão como de alto risco e desgaste rápido. Caso seja aceite, possibilita acesso à aposentação antes da idade definida.

Quase 32.000 pessoas assinaram a petição que defende o reconhecimento da profissão de enfermeiro como de alto risco e desgaste rápido e que será entregue, na quinta-feira, pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE) na Assembleia da República.

Em comunicado, o presidente do SE, Pedro Costa, considera que o estatuto de profissão de alto risco e desgaste rápido é “justamente reconhecido a várias profissões”, mas sublinha que “continua a ser negado aos enfermeiros”.

O texto da petição, que recolheu até à manhã desta quarta-feira 31.909 assinaturas.

Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter