PSP participa em operação coordenada pela Europol

Ministro anuncia 2.600 novos elementos para PSP e GNR e investimentos de 600 milhões até 2026
Foto Arquivo_PSP

A Polícia de Segurança Pública integrou a Operação internacional CONVERSUS, coordenada pela Europol, entre os dias 13 e 17 de dezembro de 2021, que visou detetar e apreender armas de alarme sem autorização e facilmente convertíveis em armas de fogo adquiridas por cidadãos portugueses na União Europeia.

A PSP no âmbito das suas competências integrou, ativa e operacionalmente esta operação através do Departamento de Armas e Explosivos com o apoio dos Comandos Distritais da PSP, tendo sido apreendidas 78 armas de alarme e 1.148 munições de alarme e elaborados 27 Autos de Notícia por contraordenação.

Esta operação decorre da participação da PSP, através do Departamento de Armas e Explosivos, nos diversos organismos e plataformas de cooperação policial internacional e com base na informação partilhada foi elaborada uma análise direcionada para os objetivos desta operação.

A cooperação policial internacional entre a Europol e as polícias dos Estados Membro constitui um pilar crucial no combate ao tráfico internacional de armas.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter