Produtores de Leite apelam à valorização do preço do leite: aumento de 3 cêntimos em janeiro não é suficiente

Produtores de leite avisam que “soberania e segurança alimentar estão em causa”
imagem de arquivo

 

 

A APROLEP – Associação de Produtores de Leite regista como positivo o aumento do preço do leite ao produtor em cerca de 3 cêntimos, a partir de janeiro de 2022. Ainda assim, alerta que o patamar continua a ser muito abaixo do preço médio comunitário e com aumentos já anunciados nos fatores de produção.

 

Neste sentido, a associação apela a que as várias indústrias e cadeias de distribuição continuem a evoluir na valorização do leite e produtos lácteos e façam chegar esse valor aos produtores.

Em comunicado a APROLEP regista que “vários compradores já anunciaram esse aumento e esperamos que aqueles que ainda não o comunicaram o possam fazer rapidamente em valor idêntico ou superior”.

“No entanto, é nossa obrigação alertar que vamos entrar em 2022 ainda muito abaixo do preço médio comunitário e com aumentos já anunciados nos fatores de produção, que só em janeiro poderemos quantificar, pelo que precisamos que as várias indústrias e cadeias de distribuição continuem a evoluir na valorização do leite e produtos lácteos e façam chegar esse valor ao produtor”, pode ainda ler-se no comunicado.

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter