PR confessa que “não esperava tanta gente” nas comemorações do 10 de Junho

Marcelo vai condecorar SNS com a mais importante Ordem Honorífica nacional
Foto de arquivo PM

O Presidente da República confessou hoje que “não esperava tanta gente” nas comemorações do 10 de Junho, que este ano centraram-se em Braga, e fez questão de cumprimentar os ex-combatentes antes de deixar a cidade rumo a Londres.

“Foi talvez o 10 de Junho mais participado”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa no final da cerimónia militar que marcou o dia de hoje das comemorações do Dia de Portugal, das Comunidades e da Língua Portuguesa, em Braga.

O chefe de Estado mostrou-se surpreendido com a participação da população, que encheu os locais possíveis na principal avenida da capital do Minho, a Av. da Liberdade, encheu as varandas, aplaudiu os discursos e ovacionou os militares que desfilaram durante cerca de uma hora rua acima e rua abaixo.

Os primeiros a desfilar, e um dos momentos mais aplaudidos da cerimónia, foram os ex-combatentes, cerca de 60. No final, Marcelo Rebelo de Sousa percorreu a avenida até ao local da tribuna onde o grupo estava para os cumprimentar.

“É uma homenagem muito especial, são o melhor de todos nós. São anos e anos de vida que deram à pátria e aqui estão a desfilar. Não é por acaso que começam eles o desfile, é uma forma de homenagem ao nosso passado, sempre presente”, afirmou o chefe de Estado.

 

Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter