Matosinhos: acusado de 16 crimes de burla pela internet

O Ministério Público de Matosinhos acusou um homem que enganou várias pessoas na venda de bilhetes para eventos desportivos, musicais e de teatro. Vai responder por 16 crimes de burla qualificada.

O esquema iniciou-se em setembro de 2018 e foi colocado em prática durante um ano.

O método do suspeito consistia em anunciar no OLX e no Facebook que tinha bilhetes para eventos. As vítimas transferiram o dinheiro, mas nunca recebiam os bilhetes, que deveriam ser enviados pelo correio.

Com este esquema, o homem arrecadou mais de 1200 euros. Uma mulher que cedeu a sua conta para transferências também está acusada de burla.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter