Mais de metade dos obstetras do SNS tem mais de 50 anos

Portugal regista taxa de mortalidade infantil mais alta desde 2018
imagem Arquivo PM

Mais de metade dos obstetras do serviço nacional de saúde tem mais de 50 anos e estes médicos não estão obrigados a fazer urgências noturnas. Este é um dos dados recolhidos pelo grupo de trabalho que estuda a reorganização dos serviços.

Este ano devem ser feitos no Serviço Nacional de Saúde cerca de 62 mil partos, menos 15 mil do que há dez anos.

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter