Linha Rubi deverá retirar mais de 5 milhões de carros da estrada entre Gaia e Porto

Metro do Porto retoma no domingo horário de inverno reforçando oferta
Imagem arquivo

 

 

A futura linha Rubi da Metro do Porto, entre Santo Ovídio (Gaia) e Casa da Música (Porto), deverá retirar 5,2 milhões de pessoas do carro em 2026, ano previsto para o seu arranque, segundo um estudo de procura.

De acordo com o estudo de procura disponível no ‘site’ da Metro do Porto, em 2026, ano em que se prevê o arranque da linha, estão previstos 11,4 milhões de passageiros para o traçado, que também passará na estação ferroviária das Devesas, em Vila Nova de Gaia.

Nesses números inclui-se o aumento de 404 mil passageiros de procura induzida, ou seja, a procura “que não existia no sistema de transportes antes da entrada em funcionamento da extensão da rede”.

Em 2026, com o efeito da entrada em operação da linha Rubi, o número de passageiros em transportes públicos (na Sociedade de Transportes Coletivos do Porto [STCP}, nos operadores privados e na CP – Comboios de Portugal) também aumenta em dois milhões.

 
Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter