Linha internet segura registou aumento de denúncias ligadas à divulgação de conteúdo íntimo

foto: canva

A propósito do Dia da Internet Mais Segura, que se assinala amanhã, a APAV divulgou as estatísticas de 2021 da Linha Internet Segura, que registou 1.626 processos (atendimento e denúncias), com um “grande aumento” nos contactos a denunciar formas de violências associados à ameaça de partilha de conteúdo íntimo.

No total, foram registadas 134 situações referentes a situações de ‘sextortion’, uma forma de violência em que a vítima é coagida a enviar mais conteúdo íntimo ou quantias em dinheiro, para evitar que o agressor envie imagens ou vídeos íntimos seus.

 

A APAV sublinha o “contínuo crescimento da denúncia de conteúdos de abuso sexual de menores e de discurso de ódio ‘online” e refere que, desde o início da pandemia, estas formas de violência são as que mais têm aumentado, quer a nível nacional quer mundial.

 

No que se refere ao material de abuso sexual de menores ‘online’, “a maior parte continua a ser o material auto-produzido por parte de crianças e jovens, que muitas vezes é conseguido através de manipulação perpetrada por adultos (grooming), sendo depois esse conteúdo comercializado”, alerta a APAV.

A Linha Internet Segura, gerida pela APAV desde 2019, presta apoio nas vertentes de denúncia de conteúdos ilegais na internet e de apoio a questões relacionadas com o uso das tecnologias e a vítimas de cibercrime.

 

Linha internet Segura da APAV: 800 21 90 90 (número gratuito) e correio eletrónico – linhainternetsegura@apav.pt.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter