Leixões evita derrota frente ao Varzim com grande penalidade nos descontos

Foto: facebook Leixões
O Leixões empatou este domingo 1-1 na receção ao Varzim, graças a uma grande penalidade convertida nos descontos, num jogo da quinta jornada da II Liga portuguesa de futebol.
Os varzinistas marcaram aos 33 minutos, por Tavinho, e os leixonenses evitaram aquela que seria a sua primeira derrota caseira com um golo de grande penalidades aos 90-4, apontado por Fabinho, e com o adversário em inferioridade numérica porque Assis havia sido expulso aos 67 minutos.
Os anfitriões fizeram o suficiente para garantir pelo menos um ponto, mas sofreram para o conseguir e a nível exibicional ficaram aquém do que já mostraram nesta época.
O Varzim esteve um pouco melhor do que o velho rival na primeira parte e, aos dois minutos, podia ter marcado, quando Murilo atirou forte, obrigando Beunardeau a defender para canto.
O Leixões conquistou o seu primeiro canto aos 11 minutos e teve mais iniciativa e ambição e alguns ataques interessantes pelos flancos, mas sem causar incómodos de maior à defesa e ao guarda-redes adversário.
Fabinho teve uma ocasião de golo aos 28 minutos, mas o seu remate, de primeira, foi para fora, e o Varzim marcou aos 33. Heliardo livrou-se de Pastor, no lado esquerdo, cruzou rasteiro e encontrou Tavinho, que só teve de desviar a bola para a baliza.
A segunda parte foi quase sempre dominada pelo Leixões e Fabinho dispôs de uma ocasião clara de golo aos 63 minutos, mas atirou sobre a baliza. Pouco depois, foi Luan Santos que, de frente para a baliza varzinista e a poucos metros desta, cabeceou ao lado.
Com mais intensidade nas suas ações, ainda que nem sempre com muita lucidez, a equipa de Matosinhos pressionou, atacou e ficou mais à vontade para o assalto final à baliza do Varzim quando o médio Assis foi expulso por acumulação de cartões amarelos, aos 67.
Os visitantes conseguiram resistir e, por vezes, lançar mesmo alguns contra-ataques, aproveitando o adiantamento e alguma desorganização posicional do opositor, mas foram sentindo crescentes dificuldades para conter o assédio contrário.
Aos 90-4, o árbitro puniu o Varzim com uma grade penalidade por bola no braço de Agdon e Fabinho encarregou-se de bater a falta, empatando um jogo que se revelou difícil e que foi seguido de altercações entre os adeptos das duas equipas e uma intervenção policial.
Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Leixões – Varzim, 1-1.
Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:
0-1, Tavinho, 33 minutos.
1-1, Fabinho, 90+4 (grande penalidade)

 

(Agência Lusa)
Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter