Leixões derrotou Vilafranquense por 3-1 e está em 5º lugar

Foto: facebook Leixões

O Leixões venceu o Vilafranquense, por 3-1, em Rio Maior, em jogo da nona jornada, e subiu ao quinto lugar da II Liga.

Sapara inaugurou o marcador na primeira parte, Nenê empatou no início da segunda, mas os tentos de Wendel e Jefferson Encada garantiram o segundo triunfo consecutivo da formação de José Mota.

A primeira oportunidade de perigo surgiu pela equipa forasteira, que viu Kiki obrigar Luís Ribeiro a uma boa intervenção a um remate rasteiro à entrada da área.
Poucos minutos depois, a formação de Matosinhos iria chegar ao primeiro golo: numa jogada à esquerda do ataque, o extremo Sapara combinou com Wendel e rematou ao primeiro poste, inaugurando o marcador numa fase inicial em que o Leixões foi quem mais se aproximou da baliza adversária.

Até ao fim da primeira parte, Sapara ainda teve uma oportunidade para ‘bisar’, após cruzamento atrasado de Seck, e depois foi a vez do Vilafranquense responder por intermédio de Belkheir. O avançado rematou para o poste mais distante e testou os reflexos de Beunardeau, que se mostrou atento e evitou o empate dos ribatejanos.
Na segunda parte, a formação de Filipe Gouveia manteve as linhas de pressão altas e chegou ao empate numa boa jogada coletiva: Jaquité efetuou um cruzamento para o poste mais distante, onde apareceu o avançado Nenê, que, sem oposição, marcou.

Porém, a equipa de José Mota não tardou a recolocar-se em vantagem por Wendel, que, a passe de Kiki, deu o melhor fim a um corte incompleto da defesa ribatejana, que ainda se queixou de um alegado fora-de-jogo na jogada.

Sapara ainda beneficiou de nova oportunidade para dilatar o marcador, mas foi Jefferson Encada, que entrara na partida minutos antes, o autor do terceiro golo do Leixões. O extremo finalizou um contra-ataque perfeito da equipa de José Mota, no qual só teve de encostar após assistência de João Amorim.

A formação de Vila Franca de Xira ainda tentou reentrar na discussão do resultado através de um livre direto de Eric Veiga, que levou perigo à baliza, mas a vitória já não fugiu à formação de Matosinhos, que somou o segundo triunfo consecutivo na II Liga e subiu ao quinto lugar, com 14 pontos.
Já o Vilafranqense averbou o terceiro jogo consecutivo sem vencer.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter