Greve dos motoristas do Metro sem serviços mínimos até dia 31

Circulação do metro do Porto já está normalizada
Foto de arquivo (A. Santos)

Esta quarta-feira de manhã não passou qualquer composição do Metro do Porto na Linha Vermelha, situação que causou grandes transtornos aos utentes.

A Linha Vermelha tem início na Póvoa de Varzim e, por ser aquela que faz a maior distância até ao Porto, o facto de não ter circulado qualquer composição esta manhã causou muitos transtornos aos utentes, que se viram perante a dificuldade de não haver serviços mínimos e ficarem sem alternativa de viagem.

 

Esta quarta-feira está em curso uma greve convocada pelo Sindicato dos Maquinistas (SMAQ) e a Metro do Porto informou que não há serviços mínimos.

No pré-aviso de greve, anunciado a 12 de julho, o SMAQ comunicou que a greve decorrerá até às 00.00 horas de 31 de julho.

Na greve, entre outros pontos, os maquinistas reivindicam a redução do tempo máximo de serviço em cada uma das partes de um serviço, a implementação no Acordo de Empresa da rotação de folgas em vigor e a atualização da tabela salarial com retroativos a 1 de janeiro de 2021.

 

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter