Covid19: Casa aberta para vacinação aos 25 anos e SNS com muitos pedidos de apoio psicológico

imagem canva

As pessoas com 25 ou mais anos sem agendamento da vacinação podem dirigir-se, a partir de hoje, aos centros “casa aberta” para receberem a primeira dose da vacina contra a COVID-19, anunciou hoje a task force.

Por sua vez, o Presidente da República disse ontem que cabe ao Governo decidir sobre a administração de uma terceira dose da vacina contra a COVID-19. Marcelo Rebelo de Sousa também apelou aos jovens que sejam inoculados para que o próximo ano letivo decorra com normalidade.

A este propósito, o bastonário da Ordem dos Médicos e o presidente da Associação Portuguesa de Médicos de Saúde Pública concordam que o reforço na vacinação poderá ser inevitável, mas dizem ser preciso mais evidência científica e proteger todas as pessoas com as duas doses. Estas posições surgem depois de um estudo serológico demonstrar que a presença de anticorpos desce ao fim de três meses da vacinação completa.

Na Madeira, a secretaria regional de Saúde adiantou que a vacinação dos jovens tem sido assegurada na maioria dos centros de vacinação e, até à data, “já ultrapassa as 3.600 vacinas administradas a jovens entre os 12 e os 17 anos”.

Entretanto, a DGS pediu mais tempo para avaliar mais dados sobre a vacinação de crianças e jovens entre os 12 e os 15 anos. No entanto, esta faixa etária está a ser vacinada em quase “todo o mundo”, diz Maria João Brito, infeciologista pediátrica e diretora da Unidade de Infeciologia do Hospital Dona Estefânia. “É uma questão de tempo até os jovens entre 12 e 15 anos serem vacinados”, refere. A Ordem dos Psicólogos adverte que o SNS não tem capacidade de resposta para dar apoio ao número crescente de pessoas a pedir ajuda psicológica.

 

Os jovens estão no grupo de risco e há cada vez mais pais e adolescentes a pedir ajuda. Desde que foi criada, a linha de aconselhamento do SNS recebeu cerca de 99.500 chamadas em ano e meio.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter