Cidadãos dos oito municípios da LIPOR unidos pela Reciclagem

 

No 1º semestre de 2021 a LIPOR recebeu cerca de 30.340,80 toneladas de materiais entregues para reciclagem nos Ecopontos, Ecocentros e Zonas de Recolha Seletiva Porta a Porta. Um esforço dos 8 municípios da LIPOR: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Valongo, Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

Este valor significa um crescimento de cerca de 4% relativamente ao período homólogo de 2020, essencialmente no papel/cartão, plástico e vidro.

Estes valores são fruto do forte investimento e da aposta que a LIPOR e os Municípios associados têm desenvolvido, com vista a maximizar e incrementar a quantidade de materiais a enviar para reciclagem.

No mesmo período a LIPOR recebeu 19.655,79 toneladas de biorresíduos recolhidos seletivamente, resultado que, comparativamente a 2020, representa um aumento de 5,71%, justificado pela aposta na implementação de mais projetos de recolha porta a porta e do retorno parcial da atividade da restauração (fruto do desconfinamento).

«Uma excelente notícia é o significativo decréscimo na produção global de lixo. 189.250,34 toneladas rececionadas (-3,80% que no mesmo período de 2020), material que, no entanto, não tem como destino final o Aterro Sanitário. A LIPOR aproveitou todo o seu potencial valorizando-o na sua Central de Valorização Energética o que permitiu, neste 1º semestre de 2021, a exportação para a rede nacional da EDP de 82 312 MWh de energia elétrica», refere a LIPOR em nota de impresna.

Os produtos LIPOR – nomeadamente os Recicláveis (papel e cartão, plásticos, vidro e metais), o Composto Orgânico Nutrimais e a Energia Elétrica exportada – tiveram um impacto positivo na redução de emissões para a atmosfera noutros setores económicos na ordem das 55.674 tCO2e (ver Nota 1), informa ainda a empresa intermunicipal.

O Projeto LIPOR conseguiu, em pouco mais de 20 anos, criar um Sistema de Valorização de resíduos com parâmetros ambientais de excelência internacional, que eliminou todas as lixeiras da região, reduziu o envio de resíduos para Aterro a valores mínimos valorizando, assim, praticamente 100% dos seus resíduos, elevando a qualidade de vida de mais de 1 milhão de habitantes do Grande Porto.
«A LIPOR quer continuar a apostar na prevenção, na reutilização, na reciclagem, na valorização energética, na descarbonização e no investimento em Sistemas e Infraestruturas cada vez mais modernos de tratamento de resíduos e a consequente eliminação dos Aterros», adianta na nota.

Os 8 municípios que integram a LIPOR são: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Valongo, Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

 

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter