Alice Vieira e neto: duas gerações à conversa sobre a vida

Alice Vieira_Foto wikipedia

 

Assinado por Alice Vieira e Nélson Mateus, o livro ‘Diário de uma Avó e de um Neto Confinados em Casa’ chegou depressa à segunda edição. Em foco está a importância da partilha de experiências.

 

Nélson lembra-se do tempo em que a televisão só tinha dois canais, que mudavam de um para o outro se o senhor telespectador se dispusesse a erguer do sofá e carregasse num botão incorporado no aparelho recetor (como então se dizia). Alice ri-se e reage: “Olha, e eu sou do tempo em que nem havia televisão, quanto mais zapping.”

Este tipo de diálogo entre gerações, com memórias e perceções do mundo naturalmente diversas, é uma constante da conversa entre a escritora Alice Vieira e Nélson Mateus, dinamizador do programa “Retratos Contados” que há vários anos aposta justamente nesta arte de valorizar os mais velhos através da partilha de experiências. Sem saudosismo e com muito humor.

Assim nasceu o livro Diário de uma Avó e de um Neto Confinados em Casa (edição Casa das Letras), que chegou em tempo recorde à segunda edição. “Nunca vi tal rapidez com nenhum dos meus outros livros. E tenho 80 publicados”, admite Alice.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter