Vacinados com Janssen perdem imunidade mais depressa

Abriu o autoagendamento da vacina para maiores de 27 anos
vacina

A Comissão Técnica de Vacinação revela que em Portugal há mais gente infetada, depois de ter recebido a vacina da Janssen, do que as pessoas inoculadas com outro imunizante.

A perda de eficácia desta vacina está, de resto, a contribuir para o aumento de casos verificado nas últimas semanas, sobretudo entre os mais jovens.

Os homens foram vacinados com a Janssen e o número de infetados é maior do que entre as mulheres inoculadas com outras vacinas de tipo mensageiro RNA.

O imunologista Luís Graça, que faz parte da comissão da Direção-Geral da Saúde, revela que a monitorização do grau de proteção das vacinas deixou clara a perda de eficácia da Janssen.

Certo é que as pessoas a partir dos 18 anos que receberam a vacina da Janssen vão receber uma dose de reforço, desde que já tenham  passado pelo menos 90 dias depois da administração da dose única.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter