PSP apreendeu mais de 1.600 artigos pirotécnicos numa fiscalização que englobou a Maia

Ação de fiscalização de armas e explosivos passou por Vila do Conde
Foto: PSP

O núcleo de armas e explosivos da PSP realizou uma ação de fiscalização, que incluiu a Maia, entre outros concelhos da região, entre os dias 14 e 18 de fevereiro, de que resultou a apreensão de mais de 1.600 artigos pirotécnicos.

As ações de fiscalização passaram por diversos estabelecimentos comerciais nas áreas dos concelhos de Maia, Valongo, Vila do Conde, Póvoa de Varzim e Marco de Canavezes, tendo a PSP procedido à apreensão de um total de 1.611 artigos pirotécnicos.

“Das ações de fiscalização desenvolvidas no âmbito do combate à venda ilegal de artigos de pirotecnia, que dão origem à ocorrência de diversos acidentes com crianças e adolescentes, resultou a elaboração de diversos Autos de Notícia por Contraordenação e a identificação de três cidadãos responsáveis pelas infrações por violação das regras de segurança”, informa a nota de imprensa do Comando Metropolitano da PSP Porto.

A nota acrescenta que a PSP desenvolve diversas ações de sensibilização junto das escolas, alertando para os perigos associados à utilização de engenhos pirotécnicos.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter