Maioria PSD na Câmara da Maia aprova aumento de 1% nos tarifários da água

Foto de Arquivo (AS)

A maioria PSD na Câmara Municipal da Maia aprovou esta segunda-feira, dia 21, um aumento de 1% no tarifário dos serviços municipalizados de água e saneamento, justificando a medida com a subida dos preços do fornecimento daquele bem e da energia.

A alteração no preço da água no concelho foi votada em reunião do executivo ontem e mereceu o voto contra do PS, que lamentou não ter sido ouvido no processo de decisão, avança a agência Lusa, que acrescenta que o PS e alertou: “as famílias com mais filhos ou pessoas dependentes deviam ter um desconto acima daquilo que é proposto”.

A proposta aprovada, segundo a Lusa, é “fundamentada no facto de o preço da água fornecida em alta aos Serviços Municipalizados ter subido 0,8% e subirá 0,9% em 2022” ao que se juntam “acréscimos importantes dos custos da energia, que são uma parcela não negligenciável dos custos da operação” dos serviços.

A reunião do executivo ficou ainda marcada pelo voto contra do PS à proposta de revisão de preços definitiva de trabalhos contratuais e revisão de preços provisória de trabalhos complementares na empreitada de Requalificação e modernização da EB 2,3 Vieira de Carvalho em Moreira da Maia.

O PS queixou-se que a proposta apresentava “falta de elementos” para poder decidir.

Em resposta, o presidente da autarquia maiata, António Silva Tiago referiu, citado pela Lusa, que não se pode exigir que vá à reunião de Câmara “todo o dossier da empreitada em causa”.

Também a vereadora com o pelouro da Educação insurgiu-se contra o PS, afirmando ter “ficado chocada” com o sentido de voto dos socialistas: “Votar contra o processo só porque não tiveram acesso ao processo porque também não pediram não faz sentido, não é justificação para reprovar o ponto”, disse Emília Santos.

O vereador socialista António Peixoto voltou a intervir, lembrando que não é a empreitada “que está em causa” e que o PS já tinha votado contra trabalhos complementares.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter