Presidente da Câmara da Maia distribuiu pelouros e manteve na sua alçada áreas fulcrais como Finanças e Obras

Foto Arquivo (AS)

O presidente da Câmara da Maia já distribuiu os pelouros pelos vereadores a tempo inteiro eleitos pela Maia em Primeiro (PSD/CDS-PP). Silva Tiago manteve na sua alçada áreas essenciais como Finanças e Obras Municipais e atribuiu a Emília Santos a área social, anteriormente detida por Ana Miguel Vieira de Carvalho.

Em despacho (nº 38/2021) do dia 19 de outubro, o presidente da Câmara, Silva Tiago, designa para vereadores a tempo inteiro os elementos do executivo municipal eleitos pela coligação Maia em Primeiro (PSD/CDS-PP): Emília Santos, Mário Neves, Paulo Ramalho, Marta Peneda e Hernâni Ribeiro.

De acordo com este Despacho mantém-se sob a gestão do presidente da Câmara, as áreas de: Habitação; Finanças, Orçamento e Património; Recursos Humanos; Urbanismo; Obras Municipais.

No mesmo despacho, Silva Tiago atribui a Emília Santos os pelouros: Educação e Ciência; Saúde; Desenvolvimento Social e Democracia. De salientar que este último pelouro inclui toda a Ação Social do Município, área que era detida no mandato anterior por Ana Miguel Vieira de Carvalho.

A Mário Neves são atribuídos os pelouros: Transportes e Mobilidade; Cultura e Conhecimento; Segurança, Proteção Civil e Fiscalização; Planeamento Territorial.

Paulo Ramalho fica responsável pelos pelouros: Competitividade Económica, Relações Internacionais e Turismo; Assuntos Jurídicos.

Para Marta Peneda ficam os pelouros de: Qualidade de Vida, Ambiente, Clima e Energia.

E Hernâni Ribeiro assume os pelouros: Desporto, Juventude e Dinamização Territorial; Administração, Modernização e Eficiência Governativa; Digitalização do Território.

 

Despacho 38/2021 pode ser consultado aqui

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter