Passageiro intercetado no aeroporto Sá Carneiro com 62.600 cigarros

imagem de arquivo PM

Um passageiro proveniente de Angola foi intercetado no aeroporto Francisco Sá Carneiro na posse de 62.600 cigarros dissimulados em quatro bagagens, revelou em comunicado a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

A deteção do tráfego ilícito de cigarros foi levada a cabo pelos funcionários aduaneiros, através de técnicas de inspeção e controlo desenvolvidas pela AT, no sentido de reforçar as capacidades para cumprir a sua missão, no que respeita ao combate à prática de atos ilícitos, à proteção da sociedade e da saúde pública, refere a nota de imprensa emitida na terça-feira.

“A ação em causa permitiu evitar a perda de milhares de euros, a título de direitos aduaneiros, IVA e imposto sobre o tabaco”, assinala a AT.

Nos termos da legislação em vigor, os cigarros, da marca Pall Mall, foram apreendidos e serão sujeitos a inutilização, sob controlo aduaneiro, refere ainda o comunicado.

Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter