Miguel Larangeira na corrida à Junta de Vila do Conde

Miguel Larangeira na corrida à Junta de Vila do Conde

Miguel Larangeira é candidato à Junta de Freguesia de Vila do Conde, pelo CDS/PP.

Numa comunicação desta sua decisão, no Facebook, Miguel Larangeira conta que depois de cerca de 12 anos afastado das lides políticas locais e autárquicas, “resolvi aceitar o convite endereçado pelo presidente do CDS de Vila do Conde”.

Para mim, fazer política é “trabalhar” pelo bem comum. E quando falo do bem comum, falo também nas nossas relações familiares, no trabalho, no nosso círculo de amigos ou na nossa vivência em sociedade. A política não se faz apenas nos partidos. É nossa “obrigação” fazer política em todos os momentos da nossa vida. É a forma mais eficiente de lutar pelo bem comum e pela melhoria da nossa sociedade”, lembra o empresário.

Miguel Larangeira garante que terá consigo “uma equipa capaz e com muita vontade de melhorar a vida dos vilacondenses” e avança que a candidatura tem duas ideias chave que definem a forma como a sua equipa pretende trabalhar em um prol da freguesia. Parceria e cooperação.

Sabendo de antemão que as juntas da cidade têm poucas competências delegadas e um raio de ação à partida reduzido, a Junta deve ter sobretudo um trabalho de parceria e cooperação com todos os vilacondenses. cooperação com as pessoas, com as empresas, associações, clubes e instituições com o objetivo de melhorar a vida de todos. De parceria, por exemplo, com a Câmara Municipal de Vila do Conde. A Junta de Freguesia de Vila do Conde não deve ser um adversário ou contraponto à ação da autarquia camarária. Deve ser a parceira privilegiada em todos os projetos e obras na cidade. Deve ser a voz de todos os vilacondenses junto da câmara e deve saber levar os anseios, necessidades, projetos e dificuldades junto de quem governa o concelho”.

Miguel Larangeira lança já um desafio à vizinha Junta de Freguesia de Azurara, “se ambas souberem trabalhar em conjunto, juntamente com a Câmara Municipal, faremos da Foz do Ave uma das zonas mais atrativas do nosso país”.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter