Mestre de Xadrez Anatoly Karpov recebido na Câmara da Maia

Foto A. Santos
O Grande Mestre russo Anatoly Karpov, campeão mundial entre 1975 e 1985 e depois entre 1993 e 1999, já se encontra na Maia. O campeão russo foi recebido, esta manhã, na Câmara Municipal da Maia pelo presidente da Câmara, Silva Tiago, e pelo vereador das Relações Internacionais, Paulo Ramalho.
Karpov marca presença na quinta edição do Festival de Xadrez da Maia, organizado pela Academia de Xadrez da Maia, entre 30 de agosto e 5 de setembro.
Já amanhã de manhã o lendário xadrezista, consensualmente considerado como um dos melhores de sempre, estará presente como orador principal no IV Congresso “Xadrez: do tabuleiro à sala de aula, do jogo à estratégia pedagógica”.
No arranque deste evento dedicado ao Xadrez, na Maia, esta segunda-feira, Karpov está a participar nalgumas iniciativas com jovens xadrezistas e entusiastas do xadrez.
Duarte Duarte, da Academia de Xadrez da Maia, considerou a presença de Karpov no Festival de Xadrez da Maia é uma “oportunidade única” de contactar com “uma lenda viva” e em simultâneo de promoção da modalidade e da Maia, em termos turísticos.
Dentro dos limites da DGS, “estamos com casa cheia”, refere Duarte Duarte, que adianta que há 100 atletas no Torneio que vêm de países como Cuba, Espanha, Venezuela, entre outros. As pessoas aproveitam esta vinda a Portugal para visitar a região. É algo que Duarte Duarte quer incrementar no concelho, sublinhando que “em Portugal isto ainda não está muito enraizado, mas noutros países o Xadrez é visto como uma locomotiva para o Turismo”.
O presidente da Câmara mostrou-se muito entusiasta com a receção ao mestre de Xadrez russo, referindo que é uma das pessoas que admira pela sua “inteligência” e que, por isso e pela importância do Xadrez para os jovens, aceitou de bom grado o desafio que o russo deixou de abrir uma das suas escolas na Maia. “Disse-lhe logo que sim, porque estamos a apostar imenso no xadrez nas escolas desde o ensino básico”, afirmou Silva Tiago ao Primeira Mão.
O autarca acrescenta que esta “atividade tem uma grande importância no desenvolvimento intelectual das crianças”.
Dominic Vass, presidente da Federação Portuguesa de Xadrez, afirma que o estabelecimento de uma escola de xadrez Karpov oficial trará um trabalho em “sinergia” e novas ligações e conhecimentos a quem já estava ligado à Academia da Maia, dando como exemplo, um conjunto de material didático-pedagógico que esta rede de escolas coloca ao dispor.
Durante a manhã de terça-feira, dia 31 de agosto, os participantes da quarta edição deste Congresso, a ter lugar no Auditório do Fórum da Maia, terão a oportunidade única de ouvir o presidente da comissão organizadora do festival “Xadrez nas Escolas” abordar a importância do Xadrez no contexto educativo e todo o trabalho desenvolvido pela rede internacional de “Escolas de Xadrez Anatoly Karpov”, bem como revisitar alguns dos momentos chave da sua vasta e rica carreira desportiva.
Entre os oradores deste IV Congresso está também Mestre Internacional Feminina Jussara Chaves, uma xadrezista com um longo percurso na modalidade, tendo sido medalha de ouro como 3.º tabuleiro da seleção brasileira nas Olimpíadas Femininas de xadrez de 1984 e com um vasto trabalho na promoção do Xadrez junto dos mais jovens em diferentes contextos do Brasil.
Do programa do festival maiato fazem parte um vasto conjunto de atividades onde se inserem a realização dos Campeonatos Nacionais de Jovens de partidas clássicas referentes aos escalões sub18 e sub20, bem como alguns campeonatos distritais promovidos pela Associação de Xadrez do Porto, e ainda a quinta edição do Torneio Internacional da Maia, a qual decorre ao longo dos sete dias de duração do já incontornável evento xadrezístico do panorama xadrezístico nacional e ibérico.

 

 

 

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter