Maia vai ter câmaras de videovigilância para deteção de incêndios

foto de moresafe.pt
A Área Metropolitana do Porto (AMP) foi autorizada a instalar e utilizar um sistema de videovigilância para prevenção e deteção de incêndios florestais.
Ao todo, o sistema de videovigilância é composto por 33 câmaras, instaladas em 11 torres de vigilância.
O sistema de videovigilância abrange as áreas florestais, identificadas como prioritárias, de acordo com a classificação do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, situadas nos municípios de Vila do Conde, Santo Tirso, Maia, Vila Nova de Gaia, Valongo, Paredes, Gondomar, Vale de Cambra e Arouca.
A implementação do sistema de videovigilância foi objeto do Parecer n.º 2021/103, de 10 de agosto de 2021, da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), que emitiu recomendações, tendo sobretudo em vista reforçar as medidas de segurança a adotar.
De acordo com a legislação, o sistema de videovigilância a implementar deve observar várias condições.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter