Maia homenageia ginastas de excelência do Acro Clube e promete reforçar apoios

Foto: Facebook Câmara da Maia

A Câmara da Maia, no distrito do Porto, prestou uma homenagem, no sábado, a seis ginastas do Acro Clube Maia, que em 2021 conseguiram resultados de excelência a nível internacional, e deixou promessa de reforçar a aposta na modalidade.

A cerimónia, realizada nos Paços de Concelho, serviu para enaltecer os feitos de Filipa Martins, Rita Ferreira, Rita Teixeira, Bárbara Sequeira, Francisca Maia e Francisco Sampaio Maia, que no presente ano se destacaram com os melhores resultados de sempre em competições internacionais.

“É um orgulho e um reconhecimento merecido, mas também uma prova que a nossa aposta, há 20 anos, na construção do maior complexo de ginástica do país, deu frutos. Temos nos clubes do concelho atletas de excelência”, disse o presidente da Câmara maiata António Silva Tiago.

O autarca garantiu que o município “estará sempre ao lado de atletas e dos clubes para criar mais condições para um futuro melhor da modalidade”, ficando a garantia de aumentar o apoio financeiro ao Acro Clube e de se projetar um renovado espaço para os treinos.

“O desporto, tanto de elite como na comunidade, será sempre uma prioridade para esta Câmara Municipal. Queremos dar mais e melhores condições de trabalho para que estas, e outras, atletas continuem a desenvolver-se e divulgar o nome da Maia”, acrescentou António Silva Tiago.

Já Fernando Barros, presidente do Acro Clube da Maia, quem em 17 anos de existência já conseguiu mais de quatro dezenas de medalhas a nível internacional, considerou que estes reconhecimentos “são sempre importantes para dar ainda mais visibilidade ao trabalho das atletas e de toda a estrutura que as apoia”.

“Além destas atletas que foram medalhadas nos campeonatos da Europa e do Mundo como seniores, temos muitas outras que, com apoio de muita gente, também fazem um trabalho de excelência, e dão garantias que o futuro trará ainda mais sucessos ao clube, à Maia e ao nosso país”, acrescentou o dirigente.

Filipa Martins, uma das mais experientes e tituladas atletas do Acro Clube da Maia, mostrou-se “honrada” pelo reconhecimento do município, e satisfeita por o partilhar com as companheiras de clube.

“Para além de treinarmos juntas, são amigas com quem convivo fora da ginástica. Foi muito bonito sentirmos juntas este carinho do município e de todas as pessoas que trabalham para que nada nos falte”, confessou.

A ginasta, de 25 anos, que confessou que 2021 foi “o melhor ano da sua carreira”, com a presença nos Jogos Olímpicos Tóquio2020 e um histórico sétimo lugar no concurso completo dos Mundiais de ginástica artística e um oitavo nas paralelas assimétricas, pretende agora, a curto prazo, focar-se em concluir a licenciatura em Ciências do Desporto.

“Neste meu percurso fui colocando a ginástica em primeiro lugar, porque fazia mais sentido, mas agora que as competições internacionais só começam em junho (de 2022) vai dar para completar a faculdade com mais calma”, desabafou a ginasta.

As perspetivas desportivas de Filipa Martins para o próximo ano estão apontadas para boas prestações nos Jogos Mediterrânicos e nos Campeonato de Europa e do Mundo”, mas a ginasta confessa que “depois de um ano tão incrível é difícil saber se as expectativas podem ser ainda mais altas”, concluiu Filipa Martins.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter