Maia em Brasília para trocar experiências no âmbito do projeto Inova Juntos

Foto: CMM

O Município da Maia está, esta semana, em Brasília, capital federal do Brasil, no âmbito da aprovação da candidatura ao projeto “Inova Juntos – Cooperação Urbana Triangular para a Inovação e Sustentabilidade”.

Trata-se de um projeto coordenado pela Confederação Nacional de Municípios Brasileiros e financiado pela Comissão Europeia, que visa a aproximação entre políticos e técnicos portugueses e brasileiros, com vista à partilha de informações e experiências para a construção de laços que estão na base desta cooperação.

A comitiva da Maia é liderada pela vereadora da Qualidade de Vida, Ambiente, Clima e Energia, Marta Peneda. A Maia concorreu com a campanha de sensibilização para as alterações climáticas, que, além de uma exposição propositadamente concebida para o efeito, integrou um concurso de desenho cujo premiado via a sua fotografia exposta no camião de resíduos do município.

O “Inova Juntos – Cooperação Urbana Triangular para a Inovação e Sustentabilidade” é coordenado pela Confederação Nacional de Municípios Brasileiros e financiado pela Comissão Europeia, sob a External Action Support Program, e visa auxiliar as cidades portuguesas, brasileiras e de outros países da América Latina na implementação de políticas públicas inovadoras e de promoção do desenvolvimento urbano sustentável.

O presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, sublinhou a este propósito, o facto de o Município ter todo um caminho feito rumo à sustentabilidade ambiental, inovando através da adoção de uma nova geração de políticas ambientais.

Ao longo das reuniões formais e dos momentos de networking, serão desenvolvidas interações que permitirão ampliar os conhecimentos sobre experiências de inovação apresentadas no Projeto Inova Juntos, bem como articular os interesses e as necessidades convergentes.
A missão de cooperação conta com a participação dos 12 municípios e/ou organizações portugueses(as), selecionados no âmbito deste Projeto. Para além da Maia, foram selecionados os municípios de Oeiras, Valongo, Olhão, Guimarães, Coimbra, Cascais, Lagos, Lisboa; Baldio Ameixieira; Baldio da Estrela Sul; e AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve.

Aos 12 portugueses, juntam-se 20 Municípios e/ ou Entidades Brasileiros e 8 latino-americanos, incluindo autoridades locais, setor privado, sociedade civil, universidades e centros de ensino e investigação.

Para o mês de novembro está prevista uma missão técnica dos municípios brasileiros a Portugal, com o intuito de conhecerem as boas práticas que por cá se praticam.

Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter