Maia com dois prémios no Estudo sobre “A Qualidade de Vida nos Melhores Municípios para Viver”

Foto: Fernando Fontes/Global Imagens (Foto cedida por Câmara da Maia)

A Maia está no pódio, em duas categorias, dos melhores municípios para viver. O município alcançou a 2ª posição na categoria de Economia e Emprego, imediatamente a seguir a Lisboa, e o 3º posto na de Mobilidade e Segurança Rodoviária.

O estudo “A Qualidade de Vida nos Melhores Municípios para Viver”, desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia Comportamental (INTEC), foi apresentado esta quinta-feira, dia 3, pelo investigador Miguel Lopes, coordenador do trabalho, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC).

O presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, que esteve presente na cerimónia para receber os prémios da Maia, referiu à comunicação social já hoje de manhã, à margem da viagem que realizou em duas linhas da Maia Transportes com os jornalistas, que está muito “feliz” pelo facto da autarquia da Maia ter sido distinguida nestas áreas, uma vez que é um reconhecimento do caminho “mais afirmado” que a Maia está a fazer na economia e na empregabilidade.

“Uma comunidade forte pode ter coisas belíssimas, mas se não tiver uma prosperidade económica capaz de fazer com que as pessoas tenham bons empregos, boas remunerações, é uma comunidade menos protegida”, frisou o edil.

Quanto ao terceiro lugar na categoria da Mobilidade e Segurança Rodoviária, António Silva Tiago, sublinha que, efetivamente, se trata de uma aposta da Câmara nos últimos tempos: “estamos a criar novos modelos de transportes, novas carreiras, novas linhas para que as pessoas possam gerir o seu tempo e a sua mobilidade em função das suas necessidades e isto vem provar que estamos no bom caminho”.

Os concelhos portugueses foram avaliados em dez categorias, através de inquéritos a milhares de portugueses. O estudo, independente, é desenvolvido desde 2008 pelo Instituto de Tecnologia Comportamental.

A iniciativa “Melhores Municípios para Viver” é um barómetro de avaliação da Qualidade de Vida nos municípios, que tem por base os 10 domínios consagrados na Fundação Europeia para a Melhoria das Condições de Vida e de Trabalho (EUROFOUND).

 

Economia e Emprego

1.º lugar – Lisboa

2.º lugar – Maia

3.º lugar – Vila Nova de Famalicão

Mobilidade e Segurança Rodoviária

1.º lugar – Boticas

2.º lugar – Bragança

3.º lugar – Maia

 

Foto: Fernando Fontes/Global Imagens (Foto cedida por Câmara da Maia)
Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter