Cinco portugueses nos quartos de final do maia Open

Cinco portugueses nos quartos de final do maia Open
Fábio Coelho e Gonçalo Falcão

Os portugueses Fábio Coelho, Gonçalo Falcão, Gonçalo Oliveira, Nuno Borges e Francisco Cabral apuraram-se esta quarta-feira para os quartos de final de pares do Maia Open II, o segundo torneio do ATP Challenger Tour que a Federação Portuguesa de Ténis organiza com o apoio da Câmara Municipal da Maia.

Logo a abrir a jornada, Coelho e Falcão levaram a melhor num duelo equilibrado com os franceses Alexis Gautier e Matthieu Perchicot, por 7-6(8) e 7-5, para marcarem encontro com mais uma dupla gaulesa: Sadio Doumbia e Fabien Reboul, segundos cabeças de série.

Depois, Gonçalo Oliveira e o eslovaco Andrej Martin — que jogaram a final do Maia Open I no sábado — confirmaram o estatuto de terceiros cabeças de série ao derrotarem Jaime Faria e Miguel Gomes por 6-2 e 6-2. Seguem-se o polaco Piotr Matuszewski e o austríaco David Pichler.

Pelo meio, os campeões do Maia Open I, Nuno Borges e Francisco Cabral,

avançaram sem entrar em court, ao beneficiarem da desistência dos alternates Elmar Ejupovic e Louis Wessels. Os próximos adversários são os japoneses Toshihide Matsui e Kaito Uesugi, do Japão.

Em singulares, o destaque do dia foi a vitória de Elmar Ejupovic. Número 436 do ranking mundial, o jogador alemão surpreendeu o belga Kimmer Coppejans (206.º), por 6-4 e 6-4, para somar a maior vitória da carreira e qualificar-se pela primeira vez para os quartos de final de um torneio do ATP Challenger Tour. Ainda em duelos da primeira eliminatória, Chun-hsin Tseng somou a quinta vitória em seis encontros na terra batida maiata ao superar Matteo Viola por 6-3 e 6-4 e o espanhol Eduard Esteve Lobato venceu o ucraniano Oleg Prihodko por 6-3 e 6-2.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter