Alcoolizado a conduzir ciclomotor tentou agredir agentes da PSP (Divisão da Maia)

PSP detém dois condutores em Vila do Conde e Póvoa de Varzim
foto DR

Homem alcoolizado, sem capacete e sem carta, a circular num ciclomotor sem matrícula e sem seguro foi detido pela PSP em Ermesinde. Os agentes da esquadra de Ermesinde, pertencentes à Divisão Policial da Maia, foram injuriados e ameaçados de agressão pelo operário de construtor civil de 20 anos de idade.

 

Os factos decorreram na madrugada (2h00) do dia 2 de janeiro, na rua Elias Garcia, Ermesinde.

Agentes do efetivo da Esquadra de Ermesinde da Divisão Policial da Maia, realizavam uma operação de fiscalização rodoviária, quando verificaram que o homem seguia sem capacete de proteção num ciclomotor sem chapas de matrícula.

A PSP informa que, depois de intercetado, veio a verificar-se que o homem “não se encontra legalmente habilitado para a condução do referido veículo, assim como, depois de submetido ao teste de álcool no sangue acusou uma taxa de 1,74 g/l”.

A PSP acrescenta em nota de imprensa que, “enquanto os agentes procediam às medidas de polícia tendentes à identificação do acima identificado, foram repetidamente injuriados, ameaçados e alvo de tentativa de agressão”.

O ciclomotor foi apreendido por se ter verificado que não se encontra devidamente matriculado, assim como se encontrava a circular sem seguro de responsabilidade civil.

O detido foi notificado para comparecer, hoje, junto das Autoridades Judiciárias.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter