Jerónimo de Sousa na Maia: defende mais investimento na linha de Leixões

PCP pede ao Governo para aumentar todas as pensões em 20 euros

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, esteve esta quinta-feira na Maia e reivindicou um maior investimento para os caminhos de ferro e transportes públicos portugueses. O líder comunista lamentou a disparidade das posições do PS a nível local e na Assembleia da República. «Esta proposta é mais um exemplo da contribuição que os candidatos […]

Detido por violência doméstica em Matosinhos

  A PSP dá conta esta quinta-feira de uma detenção de um homem por violência doméstica, em Matosinhos, pelas 11h40 de quarta-feira, dia 8. O detido tem 48 anos, é desempregado e reside no Porto. De acordo com o comunicado da PSP, os agentes cumpriam um mandado de detenção, quando “lograram a interceção do suspeito […]

Jovens da Maia apanhados no Porto a roubar e ameaçar com arma branca

  Trio de jovens da Maia e do Porto foram apanhados pela PSP por roubarem pessoas na via pública recorrendo à ameaça com uma arma branca. Na madrugada desta quinta-feira, dia 9, pelas 03H50, no Campo Mártires da Pátria, Porto, foram detidos três homens, com idades entre os 20 e os 22 anos, residentes na […]

“2021 não é a continuação de 2017” – Humberto Silva (IL)

O candidato à Câmara de Matosinhos pela Iniciativa Liberal (IL), Humberto Silva, protesta e rejeita o convite para um debate do Porto Canal, apenas com alguns dos cabeças de lista que concorrem nestas eleições. Humberto Silva lamenta que a organização desta ação o tenha convidado para participar num debate, apenas “com mais dois candidatos a […]

Joaquim Jorge rejeita debate “discriminatório”

A estratégia de debate com os candidatos de Matosinhos por parte do Porto Canal está a causar celeuma. De acordo com Joaquim Jorge, candidato pelo Matosinhos Independente à Câmara Municipal, o canal nortenho convidou-o para um debate a 14 de setembro, pelas 13h00 e em que “apenas estariam presentes os candidatos que concorrem pela primeira […]

Norma da DGS recomenda testagem de funcionários das creches

A gratuitidade das creches para todas as crianças nascidas depois do dia 01 de setembro de 2021 começa no mês de setembro, devendo abranger 100 mil crianças dentro de dois anos, segundo o acordo do Governo e do setor Social e Solidário. Informação do Ministério do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social (MTSSS) hoje divulgada à Lusa indica que o acordo está pronto e a portaria que regulamenta a gratuitidade já foi assinada e será publicada esta semana. O acordo entre o Governo e as organizações representativas do setor social e solidário (União das Misericórdias, Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, Confecoop e União das Mutualidades) estabelece que a gratuitidade inclui "todas as atividades pedagógicas desenvolvidas (exceto, atividades extra projeto pedagógico), a alimentação, os custos com inscrições e seguros, assim como os custos com períodos de prolongamento do horário de funcionamento". São prioritárias crianças com deficiência e ou incapacidade, crianças de famílias mais carenciadas, crianças cujos progenitores sejam cuidadores informais principais, crianças de agregados monoparentais ou famílias numerosas e cujos pais residam ou trabalham na área, ou crianças sinalizadas como em risco. No debate sobre o estado da Nação, na última quarta-feira, o primeiro-ministro, António Costa, anunciou ter concluído um acordo entre o executivo e o setor social para assegurar a gratuitidade das creches para crianças nascidas a partir do dia 01 de setembro de 2021 e que frequentem pela primeira vez a creche a partir de setembro de 2022. Esta segunda-feira, numa informação enviada à Agência Lusa, o MTSSS explica que a gratuitidade aplica-se às crianças que frequentam creches do setor social e solidário, independentemente da sala que venham a frequentar. "Até 2024, a gratuitidade das creches será implementada de forma faseada, aumentando anualmente mais um ano de creche abrangido, até à globalidade das crianças da rede social e solidária. As crianças, agora abrangidas pela gratuitidade, mantêm-na durante todos os anos que estiverem na creche", explica o Ministério. "A gratuitidade das creches é uma medida decisiva e prioritária para o país, quer no combate à pobreza infantil, promovendo a integração e igualdade de acesso de oportunidades e rompendo ciclos de pobreza, quer na promoção de uma política de apoio às famílias, em especial aos jovens que precisam de apoio e condições para permanecerem em Portugal, para se autonomizarem e constituírem família", diz, citada no documento, a ministra do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho. O MTSSS destaca ainda no acordo o estabelecimento de uma "priorização" na atribuição de vagas para as crianças. Em relação a valores a informação dada à Lusa explica que, quanto às crianças abrangidas na primeira fase do acordo, que vão para a creche em setembro, as comparticipações que os pais pagavam passam a ser assumidos pelo Governo. "Atualmente, a Segurança Social paga 293 euros por cada criança a frequentar as creches do setor social e solidário e as famílias pagam um valor de comparticipação variável adicional. Com a implementação da gratuitidade, a Segurança Social passa a assumir também o valor diferencial das comparticipações que estava a cargo das famílias, ou seja, o custo técnico total da resposta no valor de 460 euros", explica o MTSSS. Na semana passada, o presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, o padre Lino Maia, disse à Lusa que cerca de 80 mil crianças deverão frequentar gratuitamente a creche a partir de setembro, já que estima que existam atualmente cerca de 50 mil crianças a frequentar gratuitamente a creche por os pais estarem nos 1.º e 2.º escalões de rendimento.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou hoje uma norma sobre as condições de funcionamento das creches no atual contexto de desconfinamento, que prevê um rastreio à covid-19 a todos os funcionários, independentemente de estarem vacinados. Segundo o documento, que atualiza a orientação “Medidas de Prevenção e Controlo em Creches, Creches familiares e Amas”, serão realizadas […]

INSA está a recrutar grávidas para estudo sobre exposição ao mercúrio

INSA está a recrutar grávidas para estudo sobre exposição ao mercúrio

O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) está a recrutar mulheres grávidas para um estudo europeu que visa avaliar a exposição ao mercúrio das gestantes e desenvolver recomendações específicas para o consumo de peixe durante a gravidez. Financiado pela Comissão Europeia, o projeto HBM4EU-MOM pretende também estudar os hábitos de vida e necessidades de […]

“Sementes de palco” regressa ao Centro de Memória de Vila do Conde

“Sementes de palco” regressa ao Centro de Memória de Vila do Conde

Começa no próximo dia 18 de setembro, a 9ª edição do atelier de teatro “Sementes de Palco” destinado a crianças dos 5 aos 14 anos. O projeto visa a criação / continuidade de um espaço lúdico e enriquecedor para as crianças, que potencie a comunicação, a integração e o desenvolvimento de capacidades expressivas, com a […]

Piscinas de Vila do Conde e Mindelo abrem inscrições

Piscinas de Vila do Conde e Mindelo abrem inscrições

A partir da próxima segunda feira, dia 13 de setembro, estão abertas as inscrições nas piscinas municipais, em Vila do Conde e em Mindelo. As renovações de matrícula na Escola de Natação, a funcionar nos dois polos das piscinas, decorrem entre os dias 13 e 18. A partir do dia 20, ficam abertas as inscrições […]