Siza Vieira em Vila do Conde para classificação do Banco como Imóvel de Interesse Público

Siza Vieira em Vila do Conde para classificação do Banco como Imóvel de Interesse Público
Imagem CMVC

O arquiteto Álvaro Siza Vieira, autor do projeto do prestigiado e premiado edifício da agência bancária do então Banco Borges & Irmão, atual BPI, voltou a visitar o local.

Siza Vieira esteve em Vila do Conde, com o executivo autárquico e com técnicos do município, para colaborar na elaboração do dossiê de classificação do prédio como imóvel de interesse público. O objetivo do encontro foi enriquecer os conteúdos históricos e técnicos do documento.

Inaugurado em 1986, o edifício foi o único projeto português a ser galardoado com o prestigiado prémio de arquitetura Mies van der Rohe, logo em 1988, na sua primeira edição. Este prémio, que consagra arquitetos da União Europeia, possibilitou o reconhecimento nacional e internacional do arquiteto Siza Vieira, que anos mais tarde viria a receber o Prémio Pritzker, considerado o prémio nobel da arquitetura.

A sua forma arredondada, considerada inovadora e provocadora, trouxe e continua a trazer muitos visitantes a Vila do Conde, sobretudo estrangeiros, para visitar a agência bancária, que integra o mapa de arquitetura da região do Porto, editado pela Ordem dos Arquitetos.

A integração do edifício na paisagem envolvente do centro histórico da cidade e a sua relação e diálogo com dois monumentos tão importantes e identitários de Vila do Conde como a Igreja Matriz e o Mosteiro de Santa Clara, torna-o, um elemento diferenciador e um marco na arquitetura vilacondense e, naturalmente, na arquitetura portuguesa.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter