Segurança Social reforça atendimento por videoconferência para 67 balcões em todo o país

Segurança Social reforça atendimento por videoconferência para 67 balcões em todo o país
Imagem DR

O Instituto da Segurança Social (ISS) anunciou, esta terça feira, que “expandiu de forma massiva” o seu canal de vídeo-atendimento, que permite aos cidadãos e empresas serem atendidos na data e hora previamente agendadas sem terem de fazer deslocações e sem terem de permanecer em filas de espera.

“Desde o início desta semana, e após uma experiência-piloto iniciada em janeiro e que funcionou em nove balcões de atendimento de quatro distritos, este canal passou a contar com uma rede de 67 balcões espalhados por todos os distritos do país, com capacidade para fazer mais de 15 mil atendimentos por mês”, refere o ISS, em comunicado.

Esta iniciativa, explica a Segurança Social, surgiu da necessidade de aumentar a capacidade de resposta e reduzir o tempo para marcação nos serviços de atendimento com maiores tempos de espera, “canalizando para o vídeo-atendimento os cidadãos e empresas que pretendessem realizar um atendimento presencial, mas que se encontravam em locais onde essas marcações eram mais demoradas”.

“Durante as experiências piloto foram realizados mais de 7.200 atendimentos através de videoconferência, o que permitiu reduzir em 11 dias o tempo de espera nos locais de maior procura por atendimento presencial. A maioria dos atendimentos foi realizada nos dois a três dias seguintes ao pedido de marcação”, detalha o ISS.

Como fazer o agendamento de um atendimento por videoconferência:

A marcação do vídeo-atendimento pode ser feita através do portal de marcações SIGA, ou através da Linha Segurança Social (210 545 400 ou 300 502 502, dias úteis, das 9h00 às 18h00).

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter