PSP deteve 14 pessoas em Vila do Conde e na Póvoa por contrafação

PSP deteve desempregado de Vila do Conde com várias doses de heroína
foto DR

A PSP deteve esta sexta-feira 14 indivíduos, 12 homens e duas mulheres, durante uma ação de fiscalização desenvolvida por elementos da Investigação Criminal da polícia, e que abrangeu comércio de rua nos concelhos da Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Santo Tirso.

Junto de fonte da PSP foi possível apurar que as detenções foram feitas, na sua maioria, na cidade poveira, dos quais 10 são naturais do Bangladesh, três da China e um português, além de terem sido apreendidos milhares de artigos contrafeitos.

A operação da PSP, que teve início às 11 horas e se prolongou por cinco horas, compreendeu na Póvoa de Varzim, a zona comercial da marginal, na Avenida dos Banhos, junto das lojas de vestuário e acessórios. Em Vila do Conde, foram fiscalizadas lojas dos chineses.

Esta intervenção contou com a colaboração de diversos peritos e representantes legais das várias marcas, como com colaboração de elementos da Divisão Policial de Vila do Conde. Os 14 detidos foram, entretanto, libertados e notificados para comparecerem esta segunda-feira no Tribunal da Póvoa de Varzim.

Recorde-se que estas ações de fiscalização da PSP têm sido recorrentes nos últimos tempos, com incidência em peças de contrafação, como foi exemplo disso, a intervenção que decorreu no passado dia 20 na feira de Vila do Conde.

Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter