Na Maia já decorre período de candidatura ao Prémio Municipal de Arquitetura João Álvaro Rocha

João Álvaro Rocha_Foto de Navarra

Edificações no concelho da Maia podem ser submetidas ao Prémio Municipal de Arquitetura João Álvaro Rocha. O período de apresentação de candidaturas já abriu em 31 de julho e vai decorrer até 31 de outubro deste ano.

O prémio, de natureza não pecuniária, consiste na edição de uma publicação, de um vídeo, de uma conferência e de uma visita guiada. Podem ser atribuídas até quatro Menções Honrosas.

O Prémio destina-se a Edificações e Espaços Públicos, localizados no Município da Maia, que se destaquem não só pela sua qualidade arquitetónica e urbanística, mas sobretudo pela sua função social, cultural e inserção urbana, sendo dada relevância ao período pós-construção e à capacidade de resposta demonstrada pela obra ao propósito que presidiu à encomenda.

O presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, sublinha: “Atribuímos o nome do arquiteto João Álvaro Rocha ao Prémio Municipal de Arquitetura como reconhecimento do seu trabalho em prol da qualidade da arquitetura e do urbanismo, considerando que uma parte significativa desse trabalho foi realizada no Município da Maia, tendo como objetivo que a integridade e autenticidade da sua obra possa servir como referência ao prémio que instituímos”.

De iniciativa da autarquia, o Prémio com periodicidade bienal, é organizado pela APJAR – Associação Pró-Arquitetura João Álvaro Rocha, com o apoio da Ordem dos Arquitetos – Secção Regional Norte. A APJAR promove a participação em arquitetura pelas comunidades locais e internacionais a partir da obra de João Álvaro Rocha.

O regulamento, aviso e mais informações estão disponíveis em pma.joaoalvarorocha.pt, e nos sites da Câmara Municipal da Maia e da Secção Regional Norte da Ordem dos Arquitetos.

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter