Maia: Silva Tiago (PSD/CDS-PP) avisa que “não é tempo de aprendizes de feiticeiros”

Rui Rio na Maia

Silva Tiago quer continuar a “cuidar da Maia” e apresenta o trunfo da experiência. No discurso durante o almoço de ontem com o presidente do PSD, Rui Rio, o recandidato pela coligação PSD/CDS-PP (Maia em Primeiro) afirmou: “somos os únicos que estamos preparados”.

Silva Tiago acrescentou que “este não é o tempo para aventureirismos ou de aprendizes de feiticeiros”, nem sequer tempo de “a Maia ser dirigida a partir do terreiro do Paço”, ao sabor dos “diretórios do Partido Socialista”.

Ainda nas comparações, Silva Tiago, embora nunca apontando nomes, frisou que “ao contrário de outros que a Maia não queria e foram impostos por Lisboa, eu fui escolhido como candidato pela Maia”.

Rui Rio começou por apelar ao dever cívico de votar, porque as eleições Autárquicas são “as mais importantes” do país. São os municípios que decidem muito do que diz respeito à vida dos cidadãos, justificou o líder do PSD, que reconheceu que o voto na coligação Maia em Primeiro é o reconhecimento “justo” de uma “obra brutal” que foi realizada na Maia nos últimos anos.

“A Maia foi completamente transformada e é hoje um concelho de vanguarda”, sublinhou Rui Rio.

Foto cedida por Maia em Primeiro

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter