Maia, Porto e Santo Tirso foram dos concelhos mais afetados pelo ataque pirata à Vodafone

Taxa de emprego na zona euro recupera em 2021 para nível pré-pandemia
Foto: canva

 

 

A Polícia Judiciária já anunciou que está a investigar o ataque informático à operadora de telecomunicações Vodafone, designadamente a avaliar os vários componentes e o que está subsequente a esse ataque. Sabe-se que a Maia foi um dos concelhos onde foi registado o maior número de notificações de problemas.

A operadora móvel Vodafone admitiu esta segunda-feira que os problemas técnicos estão a ter impacto numa “percentagem significativa de clientes”, afetando “essencialmente os serviços de telecomunicações móveis, mas também com potencial impacto no serviço de televisão”.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Vodafone Portugal informou que a falha técnica não é “generalizada”.

Os problemas estão a ser sentidos sensivelmente desde as 21h00 de ontem, constatou a agência Lusa através do portal Downdetector. Esta plataforma registou o pico de notificações (7727) pelas 22h05, sendo Lisboa, Porto, Vila Nova de Gaia, Amadora, Coimbra, Braga, Rio Tinto, Santo Tirso, Maia os locais com mais problemas registados.

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter