Maia é um dos municípios com rendas de casa elevadas

Foto A. Santos

 

A Maia não está no topo da lista dos mais caros, como Matosinhos, mas é um dos municípios onde arrendar casa é dispendioso (7,2 euros/m2). Nos mais baratos o metro quadrado é cobrado a 5,6 euros.

Dos 25 municípios mais baratos para arrendar casa em Portugal, Viseu ocupa o primeiro lugar. Os proprietários deste município pedem, em média, 5,6 euros por metro quadrado (euros/m2), sendo este o metro quadrado mais barato do país, segundo um estudo do idealista, o Marketplace imobiliário de Portugal.

O ranking dos cinco municípios mais baratos completa-se com Santarém (5,8 euros/m2), Viana do Castelo e Covilhã (6,1 euros/m2 em ambos os municípios), Valongo (6,5 euros/m2), Leiria (6,6 euros/m2) e Braga (6,7 euros/m2).

Por menos de 8 euros por metro quadrado, encontram-se ainda os municípios de Guimarães, Torres Vedras e Moita (7,1 euros/m2 nos três municípios), Maia (7,2 euros/m2), Coimbra (7,3 euros/m2), Palmela (7,4 euros/m2) e Gondomar e Montijo (7,5 euros/m2 em ambos municípios).

O ranking continua Vila Nova de Gaia, onde as casas para arrendar custam 8,2 euros/m2. Seguem-se Vila Franca de Xira (8,3 euros/m2), Aveiro (8,4 euros/m2), Setúbal (8,6 euros/m2), Seixal e Barreiro (8,8 euros/m2 em ambos municípios), Olhão (9 euros/m2), Faro (9,1 euros/m2) e Sintra (9,5 euros/m2). No último lugar do ranking, encontra-se o município de Matosinhos, custando o metro quadrado 9,7 euros.

Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Partilhar:
Subscreva a nossa Newsletter