Jogador do AC Milheirós (Maia) foi agredido e teve que ser transportado ao Hospital de S. João

Foto: AC Milheirós

Miguel Sousa, avançado do clube maiato, AC Milheirós, foi agredido na cara, perdeu os sentidos e teve de ser transportado ao hospital.

A partida da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto entre o AC Milheirós e o Gondim (2-1), disputada este domingo, ficou marcada por uma agressão ao avançado Miguel Sousa, jogador da equipa da casa, que chegou a perder os sentidos e teve de ser transportado ao hospital de São João.

O atleta do AC Milheirós, de 21 anos, foi atingido na cara pelo central do Gondim, Fábio Silva, e ficou caído no relvado, onde recebeu de imediato assistência, tendo sido chamada uma ambulância e uma viatura VMER (veículo médico de emergência e reanimação), que fez o transporte para o hospital. Na unidade do São João, o jogador fez um exame raio X e foi submetido a uma TAC, encontrando-se em observações e “estável”.

O clube maiato informou, ontem à noite, numa publicação na rede social Facebook, que o seu atleta já se encontra “estável”, esperando que o agressor seja “castigado pela justiça desportiva e criminal, como também pelo clube que representa”, por um ato que consideram ter sido bárbaro e cobarde.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter