Irlanda e Alemanha retiram do mercado autotestes que também são vendidos em Portugal

Irlanda e Alemanha retiram do mercado autotestes que também são vendidos em Portugal
Foto: DR

Os lojistas na Irlanda, bem como as escolas de Hamburgo, na Alemanha, estão a ser aconselhados a deixar de vender e utilizar os autotestes da empresa “Genrui Biotech”, após centenas pessoas se terem queixado que os testes daquela marca tinham dado falsos positivos. A marca é comercializada em Portugal.

O pedido foi feito pela Autoridade Reguladora dos Produtos de Saúde (HPRA) da Irlanda e também pela Autoridade de Hamburgo para as Escolas e o Ensino e Formação Profissional (BSB), segundo a “EuroNews”.

“Os testes rápidos da marca “Genrui” dão frequentemente positivo para a infeção por covid-19, resultado esse que é desmentido por um teste PCR”, escreveu a Autoridade de Hamburgo no seu site.

“Este elevado número de falsos positivos perturba a comunidade escolar e leva a um grande número de reações das escolas e dos pais. Por isso, a autoridade de saúde aconselha a comunidade escolar de Hamburgo a comprar novos testes até ao início de 2022”.

Autotestes desta marca também são vendidos em Portugal.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter