Gastão Elias e Nuno Borges avançam para os quartos de final do Maia Open

Gastão Elias_Foto Maia Open

Gastão Elias e Nuno Borges qualificaram-se esta quinta-feira para os quartos de final do quadro principal de singulares do Maia Open I, torneio do ATP Challenger Tour que na variante de pares contará com a participação de três tenistas portugueses nas meias-finais. Organizado pela Federação Portuguesa de Ténis com o apoio da Câmara Municipal da Maia, o evento termina no domingo e é seguido de um outro da mesma categoria.

Número 227 do ranking mundial, Gastão Elias superou o compatriota Tiago Cação (487.º) por 6-2, 2-6 e 6-3 para registar a segunda vitória da semana e qualificar-se pela nona vez em 2021 para os quartos de final de torneios do ATP Challenger Tour.

Para continuar em prova, o jogador da Lourinhã terá de vingar a derrota de Gonçalo Oliveira (284.º), que perdeu por 2-6, 6-3 e 6-4 com o francês Geoffrey Blancaneaux, oitavo cabeça de série.

Antes de Gastão Elias já tinha seguido em frente a estrela da casa, Nuno Borges. Recém-chegado da primeira conquista no ATP Challenger Tour em singulares (foi este fim de semana em Antália, na Turquia), o maiato de 24 anos elevou o nível em relação ao dia anterior e superou o tunisino Aziz Dougaz (342.º) por 7-5 e 6-1.

Nos quartos de final segue-se Kimmer Coppejans, segundo cabeça de série fruto do 205.º lugar que ocupa no ranking ATP e um adversário que o atual bicampeão nacional derrotou recentemente, em Tenerife.

Perto de seguir para os quartos de final ficou João Domingues. Na semana que assinalou o seu regresso à competição depois de dois meses de ausência, o jogador de Oliveira de Azeméis (248.º) ganhou uma ronda e esteve perto de somar um segundo triunfo, mas o francês Calvin Hemery (370.º) acabou por sorrir por último ao triunfar por 6-3, 6-7(5) e 6-3.

Na variante de pares, Nuno Borges e Francisco Cabral (que já conquistaram quatro títulos esta época) derrotaram Aziz Dougaz e Chun-hsin Tseng por 6-3 e 6-4 e avançaram para as meias-finais. Segundos cabeças de série, o maiato e o portuense até poderão discutir o título com um compatriota, uma vez que Gonçalo Oliveira também avançou, mas ao lado de Andrej Martin, com um triunfo por 6-2 e 6-4 sobre Eduard Esteve Lobato e Oriol Roca Batalla.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter