Famílias maiatas podem ajudar na inclusão dos refugiados

foto DR

 

 

Famílias maiatas podem apoiar refugiados, no âmbito do Projeto MEERU Aproxima, sendo a Maia uma das três cidades portuguesas onde irá decorrer o programa de voluntariado. Inscrições podem ser feitas até ao dia 22 de setembro.
A MEERU | Abrir Caminho está a recrutar voluntários para o Projeto MEERU Aproxima nas cidades de Maia, Trofa e São João da Madeira, até dia 22 de setembro.
O projeto pretende combater o isolamento social e promover o envolvimento comunitário das famílias migrantes, refugiadas e requerentes de asilo acolhidas em comunidades locais portuguesas.
Isabel Martins da Silva, coordenadora do projeto realça que “O MEERU APROXIMA já promoveu 367 encontros de proximidade entre voluntários e famílias, algo que nos deixa muito orgulhosos. Este projeto almeja ter um impacto social positivo para que as famílias que acolhemos sejam autónomas, incluídas e ativas, e isto é algo que temos conseguido alcançar através dos nossos voluntários locais que estão altamente comprometidos e mobilizados para o diálogo intercultural. O MEERU APROXIMA abrange, aos dias de hoje, 10 famílias do Iraque, Índia, Síria, Bangladesh e Camarões que são acompanhadas por 37 voluntários de várias cidades do norte do país.”
Os candidatos devem estar disponíveis para participar no programa de capacitação que decorrerá em quatro fases. Após uma pré-seleção e entrevista, os candidatos deverão participar num warm-up online, nos dias 7 e 13 de outubro, às 21h15 e, posteriormente na Academia de Proximidade a realizar nos dias 17, 18 e 23 de outubro. No final, será feita a seleção de voluntários e serão formadas as Equipas de Proximidade.
Os voluntários que irão integrar as Equipas de Proximidade destas cidades devem estar disponíveis entre os meses de novembro de 2021 a junho de 2022, dedicando cerca de três horas semanais ao projeto.
Ghufran Shlash, é um dos refugiados participantes com a sua família do MEERU Aproxima. Ghufran salienta que foi compensado com amizade: “Eu vivi com eles uma amizade verdadeira. Eu deixei os meus amigos na Turquia e aqui não tinha ninguém, mas agora já tenho a mesma amizade que tinha na Turquia. E conto sempre com eles, sem hesitação em qualquer assunto. Eu vivi com eles a amizade que deixei na Turquia, mas Deus compensou-me com eles, cá em Portugal.”
Este projeto está a ser implementado em São João da Madeira e na Maia com as respetivas delegações concelhias da Cruz Vermelha Portuguesa, enquanto na Trofa a parceria é com o Espaço T.
No próximo dia 16 de setembro, um grupo de seis voluntários do MEERU Aproxima vão dar o seu testemunho num Live no Instagram oficial da Associação, onde existirá a oportunidade de esclarecer dúvidas dos candidatos.
A MEERU disponibiliza ainda um Guia de Candidatura para esclarecer todas as dúvidas. O formulário de inscrição para a pré-seleção dos voluntários MEERU Aproxima está disponível online, em meeru.org/servoluntario.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter