Falta de enfermeiros afeta regularidade do Centro de Vacinação Gemunde (Maia)

foto DR

A falta de Recursos Humanos especializados, designadamente enfermeiros, interferiu com o regular funcionamento do Centro de Vacinação a funcionar na antiga Junta de Freguesia de Gemunde (atual polo da Junta de Castelo da Maia), que apenas abre nalguns dias da semana, quando são agendados os reforços da vacina anti Covid19.

Ao que apurámos, o Centro de Vacinação Covid19 (Gemunde) deixou de abrir diariamente, como acontecia até recentemente, apenas funcionando nalguns dias da semana, no caso, para as segundas doses da vacina anti-Covid19.

A vereadora da Saúde, Emília Santos, explicou ao primeira Mão que esta situação deve-se à falta de enfermeiros. E adianta que a Câmara da Maia vai levar à reunião do executivo, da próxima segunda-feira, uma proposta para assumir o reforço destes profissionais, suportado num protocolo de acordo com a ARS-N e o ACES Maia/Valongo.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter