Espírito dos Mares inspira Feira Nacional de Artesanato

Espírito dos Mares inspira Feira Nacional de Artesanato

Este ano há Feira Nacional de Artesanato em Vila do Conde, após um ano de interrupção forçada devido à pandemia de covid-19.

O certame realiza-se sob o signo do “Espírito dos Mares”, inspirado na Conferência sobre os Oceanos, promovida pela ONU e reagendada para 2022, em Lisboa.

 

A edição 43 segue os moldes habituais, com representação do artesanato mais português, de todo o país e as Jornadas Gastronómicas, com iguarias de cada região portuguesa.

A feira decorre entre 24 de julho e 8 de agosto. O segundo domingo é especialmente dedicado a Vila do Conde, com a celebração do Dia da Rendilheira, onde várias dezenas de rendilheiras mostram ao vivo como a secular arte dos bilros.

 

Em tempo de pandemia, o Plano de Contingência prevê uso de máscara obrigatório; distanciamento social; medição da temperatura à entrada do recinto da feira e proibição do consumo de alimentos/bebidas fora das áreas devidamente identificadas para o efeito.

Organizada em parceria pela Câmara Municipal de Vila do Conde e pela Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde, a Feira Nacional de Artesanato, tem entrada gratuita.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter