Eleições decorrem com normalidade na Maia

Foto A.Sampaio

As eleições autárquicas decorrem normalmente, sem boicotes e com um número de queixas habitual, disse à Lusa o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Segundo a mesma fonte, cerca das 16h00 não se verificavam boicotes, mas havia cerca de 400 queixas, que qualificou como normal para um dia eleitoral.

O porta-voz da CNE não quis destacar estas situações, referindo que a maioria se relaciona com a presença de candidatos nas assembleias de voto, segundo uma análise provisória.

Segundo alguns relatos feitos ao Primeira Mão por eleitores, que quiseram manter o anonimato, enquanto estavam a exercer o seu direito de voto na EB1 Maia sede, onde estão a funcionar várias assembleias de voto, a perceção é de que o presente ato eleitoral está a decorrer com normalidade, ou seja, sem grandes flutuações na afluência às urnas, comparativamente a 2017.

Estas declarações foram colhidas após a hora do almoço, tendo sido perguntado a várias pessoas se notavam mais ou menos afluência em 2021 do que em 2017, tendo sido relativamente unânime a opinião de que tudo estava a ser semelhante e dentro da habitual normalidade.

No local foi ainda possível observar que as regras de proteção sanitária, como uso de máscara no interior das assembleias de voto, a desinfeção das mãos à entrada e o uso de canetas próprias dos eleitores, assim como a manutenção da distância social de segurança, estavam a ser cumpridas com grande rigor cívico.

Partilhar:
  •  
  •  
  •  
  •  
Subscreva a nossa Newsletter